sábado, 23 de maio de 2009

A necessidade de Brincar

DEIXE SEU FILHO BRINCAR: CRIANÇA QUE BRINCA É CRIANÇA FELIZ!

De 24 a 31 de Maio será realizada a Semana Mundial do Brincar, que busca dar visibilidade à necessidade de brincar que todas as crianças têm.
O site
http://www.aliancapelainfancia.org.br/ revela uma iniciativa interessante por parte de todos aqueles que estão preocupados com o desenvolvimento das crianças.
Com tão pouco espaço nas cidades, tantos compromissos e exigências, poucas são as crianças que brincam livremente nos dias de hoje.
Precisamos nos lembrar, no entanto, que brincar é a linguagem da criança, ou seja, é a principal forma de comunicação infantil. Por isso, quando desejamos nos relacionar bem com uma criança, podemos brincar com ela ao invés de conversar.
As crianças expressam sentimentos, pensamentos e valores ao brincar; exercitam a imaginação, se socializam e aprendem a se relacionar com o mundo de forma prazerosa.
É muito importante permitirmos que as crianças brinquem. Seria mais interessante ainda se nos dispuséssemos a brincar com elas. É simples: basta reservarmos algum tempinho na semana, encontrar uma brincadeira que agrade tanto a criança quanto a nós mesmos, e brincarmos, tão somente.


Andrea R. Martins Corrêa

4 comentários:

  1. Brincar é tão necessário que ainda carrego na memória todas as brincadeiras que tive quando criança e acredite ainda continuo brincando...

    Ana Marly de Oliveira Jacobino

    ResponderExcluir
  2. Andrea,

    Recebi sua sugestão, vou levar para o pessoal de cidades, pq infelizmente (por questão de logística) fechamos o Jzinho na quarta-feira.

    Coincidências à parte, sobre a importância de brincar, temos no Sesc uma exposição pra lá de especial!

    Bjos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Hoje perto dos 60 anos,minhas "brincadeiras"são as mesmas de quando eu era cça,lá em Pira no Nossa Senhora Assunpção.

    Não que não brincasse.Me lembro de algumas atividades.

    Mas a minha preferida era:sonhar de olhos abertos.

    Muito tempo depois,descobri(percebi)que me realizava dessa forma.

    ResponderExcluir
  4. Querido Yra doce,
    respondo por aqui porque não achei seu e-mail.
    Que bom sonhar de olhos abertos, acho que estamos precisando muito disso... Quem sabe eu possa partir dessas suas palavras pra escrever um novo texto!
    O medicamento que mais tem sido utilizado como uma "camisa de força química", para crianças e adultos, é a Ritalina. Antes dos 7 anos de idade, particularmente acho muito arriscado fazer um diagnóstico de hiperatividade, mas muitas crianças têm sido medicadas com Ritalina a partir do 4 anos de idade.
    Infelizmente, é a indústria farmacêutica quem mais ganha com isso. Também fico muitíssimo indignada.
    Mas vamos em frente, talvez sejamos mais do que pudéssemos imaginar.

    abraço

    ResponderExcluir