quinta-feira, 2 de março de 2017

Moonlight: sensibilidade e delicadeza




Moonlight recebeu, merecidamente, o prêmio de melhor filme no Oscar 2017. Trata-se de uma película delicada, poética, algo melancólica e violenta ao mesmo tempo.

O diretor Barry Jenkins foi extremamente competente e sensível ao realizar uma obra de arte que aborda, de maneira peculiar, diversas temáticas importantíssimas de nossa era: a homofobia e o machismo, o racismo e a divisão de classes sociais, o tráfico e a dependência de drogas, as relações familiares, o indivíduo que resiste e simultaneamente é absorvido pela perversão da sociedade em que vivemos.

Um belíssimo filme que nos faz compartilhar nossa própria humanidade com os personagens, especialmente o protagonista em sua trágica narrativa de vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário