sexta-feira, 17 de junho de 2011

Sarau Literário: cantigas da imaginação

No Sarau Literário Piracicabano deste mês, realizado dia 14, as cantigas de nossa infância coloriram a noite.
É quase impossível pensar em alguém que possa desconhecer O Cravo Brigou com a Rosa, ou Terezinha de Jesus, Ciranda Cirandinha, Nesta Rua e outras canções que revelam um rico imaginário popular.


Cada canção traz uma imagem a ser criada pelo próprio indivíduo, a partir de seu repertório na vida. Trens, casas, flores, bichos, objetos, pessoas e coisas se transformam em algo vivo, com movimento, luz, som, magia e sentimento. Neste universo da imaginação, ensejado por poemas musicados, podemos reencontrar a simplicidade que, quem sabe, nos falte hoje.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Meio ambiente: o outro terra

Se pudéssemos nos colocar um no lugar do outro, na fome do outro, na pele do outro; se invertêssemos os papéis e os sentimentos, uns com os outros; se nos dispuséssemos a ser, por tempo breve, um outro, imaginariamente; então nos acharíamos...


É o outro quem nos define. Toda criança sabe e qualquer adulto suspeita:o outro ser humano, o outro terra, o outro bicho.


Neste 5 de junho, dia do meio ambiente, sejamos o outro, experimentemos a sabedoria inabalável dos índios: como seria ser a água deste planeta, a flor, a árvore, o ar ou o sol?