sábado, 3 de setembro de 2011

Simplicidade



"Não quero o brilho das jóias raras
Quero a rudeza tosca da pedra
escondida no meio do campo
perdida entre as florinhas do mato.

Só alguém que estiver olhando
e andando bem devagar
pra me encontrar
E com paciência e cuidado se dedicar
ao trabalho de me lapidar
Pra talvez algum brilho aparecer...
ou então simplesmente em mim poder descansar..."

Ana Paterniani

Nenhum comentário:

Postar um comentário