segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Psicologia e Profissão

O jornal O Estado de SP publicou ontem, dia 21 de agosto, uma notícia interessante sobre a prática dos psicólogos e psicólogas brasileiras.
A participação dos profissionais de psicologia em organizações que atuam nos campos de refugiados, como a ONG Médicos sem Fronteiras, é muito expressiva, classificando o Brasil como o país que mais contribui no atendimento psicológico à vítimas de catástrofes naturais ou guerras.

O número de psicólogos voluntários que se dispõem a trabalhar nestes tristes campos, onde reina a fome, a miséria e a morte, é admirável.

Parabéns a todos eles, neste mês de agosto, em que se iniciam as comemorações dos 50 anos da Psicologia como profissão.




Um comentário:

  1. Andrea,
    Fiquei impressionada com o trabalho desses médicos através de uma exposição de fotografias no Parque Ibirapuera em São Paulo, um exemplo de solidariedade e cidadania. Um abraço!
    Ivana
    Reserva de Emoções

    ResponderExcluir