sexta-feira, 17 de junho de 2011

Sarau Literário: cantigas da imaginação

No Sarau Literário Piracicabano deste mês, realizado dia 14, as cantigas de nossa infância coloriram a noite.
É quase impossível pensar em alguém que possa desconhecer O Cravo Brigou com a Rosa, ou Terezinha de Jesus, Ciranda Cirandinha, Nesta Rua e outras canções que revelam um rico imaginário popular.


Cada canção traz uma imagem a ser criada pelo próprio indivíduo, a partir de seu repertório na vida. Trens, casas, flores, bichos, objetos, pessoas e coisas se transformam em algo vivo, com movimento, luz, som, magia e sentimento. Neste universo da imaginação, ensejado por poemas musicados, podemos reencontrar a simplicidade que, quem sabe, nos falte hoje.

Um comentário:

  1. "Minha querida Amiga Andrea:fiquei muito emocionada com este sarau... penso que as cantigas da nossa infância nos fazem um bem danado. Até agora estou ouvindo e cantando as belas cantigas. Obrigada por estar presente na noite especial que foi o último Sarau Literário Piracicabano. Agradeço a sua bela publicação. Assim que eu fizer o blog sobre os acontecimetos do sarau irei publicar esta sua bela crônica. Valeu! Abraços Poéticos desta CaipiracicabANA Marly de Oliviera Jacobino

    ResponderExcluir