segunda-feira, 21 de março de 2011

Compartilhando afeto e poesia



"A noite prometia. E foi de grande encantamento. Tudo tão suave como água que desliza entre as margens de um rio de correntes calmas.
Gente simpática, risos e a poesia. Mas a poesia ilustrada com traços e cores tão perfeitas, que ganha vida. E sai do papel para se alojar na alma. Vibrante! Emocionante! Traços que retratam as sutilezas de uma artista que tem na alma a sensibilidade do poeta. Capaz de se diluir e se fundir com a poesia. No Infinito, no Eterno, no Universal. E nos sentimos como quem rompe o véu tenuíssimo da poesia, para contemplar e desvendar o mistério da vida. Como se isso fosse possível!!!
E nesse ambiente perfeito comemoramos o dia da poesia.
A noite foi de grande sortilégio. A poesia se transformou em música. A música se transformou em poesia. E cantamos, cantamos...
Obrigado Ana Marly, Carmelina, Andrea, Cristina, poetas e convidados que fizeram com que esta noite deixasse um gostinho de quero mais, como "a primavera que veio e se foi, mas deixou tremendo em cada seio um rebento de amor".

Um abraço pra todos."

Beto Furlan

Um comentário:

  1. Carinhosa Andrea, vocë náo mediu esforcos para fazer da noite um sucesso. Obrigada a todos os colaboradores e amigos.

    Ana Marly de oliveira Jacobino

    ResponderExcluir